Fabricante Onkyo fará corte de 30% dos funcionários

Conhecida internacionalmente pela qualidade de seus equipamentos, a Onkyo reduzirá seu quadro de funcionários para otimizar sua gestão

onkyoA fabricante de equipamentos de som Onkyo, que suspendeu a negociação da produção do setor de áudio doméstico, informou na segunda-feira (11) sobre o corte de 30% do seu quadro de pessoal para revisão urgente de sua gestão.

A redução de pessoal vai atingir também 50% dos postos da diretoria. A fabricante possui três bases, sendo 2 em Osaka e uma em Tóquio. Irá enxugar mantendo apenas 1 em Osaka e continuar com a da capital japonesa. Essas medidas reduzirão os custos em cerca de 1 bilhão de ienes por ano.

Em maio deste ano a Onkyo havia anunciado que venderia seu setor de áudio doméstico para a empresa americana Sound United. Mas, as condições não foram atendidas e a negociação foi suspensa em outubro. Esse é o principal negócio da fabricante, respondendo por 70% das vendas consolidadas.

Ela venderia por cerca de 8 bilhões de ienes, mas com a desistência foi forçada a revisar sua estratégia.

A Onkyo pretende continuar sua atividade de áudio doméstico e fortalecer seus negócios para a produção de alto-falantes para fabricantes de eletrodomésticos e de automóveis a fim de obter ganhos estáveis.

Com o avanço da digitalização da músicas, as quais podem ser ouvidas pelo smartphone, as fabricantes de equipamentos de áudio do Japão, que já foram top no mundo, estão em declínio.

Em 2008 a Kenwood se integrou à Japan Victor formando a JVC Kenwood, a Sansui faliu em 2014, o setor de áudio doméstico da Pioneer foi comprado pela Onkyo em 2015.
Fonte: Portal Mie com NHK e Nikkei

Publicado em Japão | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Andar de bicicleta bêbado no Japão pode resultar em 5 anos de prisão ou multa de ¥1 milhão

A lei de trânsito para ciclistas ficou mais rigorosa em junho de 2015

jitensha japan
A legislação japonesa prevê punição severa para ciclistas embriagados, com prisão de até 5 anos ou multa de até ¥1 milhão, dependendo das consequências dessa infração.

No ano passado, por exemplo, uma mulher foi presa por andar de bicicleta em estado de embriaguez em Tagawa (Fukuoka).

Policiais que faziam patrulhamento viram uma mulher visivelmente bêbada e sem condições de conduzir a bicicleta que ela tentava pedalar sinuosamente.

Um teste de bafômetro comprovou que Chie Urano estava realmente embriagada, com um nível de álcool seis vezes maior do que o permitido por lei.

A polícia justificou a rara prisão dizendo que a mulher, extremamente bêbada, não tinha condições de andar de bicicleta e poderia se machucar ou colocar em risco a vida de outras pessoas.

A lei de trânsito para bicicletas ficou mais rigorosa no Japão em junho de 2015.

Confira outras infrações:
Ignorar o semáforo ou a cancela
Passar no sinal vermelho ou ignorar as cancelas do trem é uma falha grave. De acordo com a lei japonesa, o caso pode acarretar em multa inferior a ¥50 mil ou três meses de prisão.

Duas pessoas na bicicleta
A exceção só vale para as bicicletas com assentos reservados a crianças. A lei não permite dois adultos em uma bicicleta e a infração pode resultar em multa inferior a ¥20 mil.

Lado a lado
Pedalar lado a lado com alguém também é um erro grave. A multa é inferior a ¥20 mil e o comportamento só é permitido em locais com placas que autorizam.

Sem lanterna
Todas as bicicletas devem estar equipadas com lanternas para o uso noturno. O não cumprimento pode provocar a cobrança de multa inferior a ¥50 mil.

Passeio com o cão
Se você gosta de pedalar com o cão caminhando ao lado da bicicleta, é melhor tomar cuidado. O delito provoca multa inferior a ¥50 mil pela possibilidade de perda de equilíbrio. O mesmo também vale para quem está acostumado a equilibrar guarda-chuva.

Problemas no freio
Defeito ou instabilidade nos freios da bicicleta pode ser muito perigoso no trânsito. Este delito acarreta em multa inferior a ¥50 mil.

Campainha
Diferente do que muitos pensam, a campainha da bicicleta deve ser utilizada apenas em situações de emergência. Tocar o sino por que os pedestres estão atrapalhando o caminho é uma infração e a multa pode ser inferior a ¥20 mil.
Fonte: Alternativa

Publicado em Japão | Marcado com , | Deixe um comentário

Fabricante japonesa de alumínio cortará 2 mil empregos

O desempenho da empresa se deteriorou devido a uma demanda fraca para materiais de alumínio em meio ao conflito comercial entre os EUA e a China

UACJ Tokyo Sankei Bldg
A fabricante japonesa de alumínio UACJ diz que planeja cortar 15% de sua força de trabalho até o ano fiscal 2022. Cerca de 2.000 trabalhadores serão afetados.

O desempenho da empresa se deteriorou devido a uma demanda fraca para materiais de alumínio em meio ao conflito comercial entre os EUA e a China. A desaceleração da economia chinesa afetou a demanda por aparelhos usados para fabricar semicondutores.

A UACJ diz que também vai consolidar suas bases de produção em uma tentativa de melhorar sua posição financeira.

A empresa planeja fechar uma instalação na cidade de Nikko (Tochigi) no ano fiscal 2021 ou posteriormente. Ela também pretende suspender uma parte das linhas de produção em uma outra instalação na cidade de Fukaya (Saitama).

A UACJ diz que vai considerar a realocação dos trabalhadores desses dois locais.

De acordo com a empresa, ela vai colocar mais foco em áreas com crescimento em potencial, como autopeças e latas de alumínio para mercados asiáticos e outros.
Fonte: Portal Mie com NHK

Publicado em Fábricas no Japão, Japão | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Mulheres começam a se qualificar na área de solda em Aichi

Primeiro curso na área foi realizado em Nagoia no domingo (15)

Encontro das Mulheres Soldadoras no Japão
Desde que foi realizado o 1º Encontro das Mulheres Soldadoras no Japão em abril passado, muita coisa aconteceu com as 16 participantes do evento realizado em Chita (Aichi).

Mas um desejo da organizadora do Encontro, Manuela Barão, começou a ganhar corpo agora, quando formou a primeira turma de mulheres para um curso de soldagem em Nagoia (Aichi).

O curso foi realizado no dia 15 de setembro. “Desde o primeiro encontro surgiu muito interesse por parte das mulheres na área e me fortaleci, entendendo que é esse o meu propósito. E montei o curso de soldagem para mulheres”, disse Manu, como é conhecida.

Algumas das participantes do encontro realizado em abril, que não eram soldadoras, conseguiram oportunidades de trabalho na área. Outra conquistou uma licença conhecida no meio como JWE JIS e também se empregou. Outra ainda, segundo Manu, encorajada, avançou dentro do próprio trabalho e passou a fazer soldagem uT.

As seis mulheres que fizeram este curso em setembro atuam em áreas variadas e não tinham até então nenhuma experiência com soldagem.
Mas Manu não ficou só no universo feminino. Ela também deu treinamento para homens, com técnicas Tig e Mig Mag.

Manu, para se ter um ideia, tem várias qualificações, as quais ela cita: JWES 3 F V H O (Mig Mag todas posições), JWES TNF/P (Tig Inox Shitamuki e Paipu), AW, Ako Yousetsu Tamakake.

O plano da brasileira, que trabalha em parceria com a empresa Career Terrace, é qualificar pelo menos 12 mulheres por ano. “Só estou em busca de um lugar maior para qualificar mais pessoas”, disse.
Fonte: Alternativa

Publicado em Japão | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Loja da Seven-Eleven Japan planeja fechar aos domingos

O plano reflete a falta de mão de obra, disse o proprietário da franquia na província em Osaka

Seven-Eleven.jpg
Uma loja de franquia da Seven-Eleven Japan na província de Osaka planeja fechar aos domingos, com início no próximo mês, disseram fontes informadas em 23 de agosto.

O proprietário da franquia na cidade de Higashi Osaka e o lado da Seven-Eleven Japan realizaram uma reunião na loja na manhã de 23 de agosto após o dono ter notificado a empresas sobre o plano, disseram a fontes.

O plano reflete a falta de mão de obra, disse o proprietário, Mitoshi Matsumoto.

O lado da Seven-Eleven Japan disse a Matsumoto que o plano viola o contrato de franquias e que ele será encerrado se os planos forem implementados. A empresa então propôs enviar staff para manter a loja aberta todos os dias.

Em reposta, Matsumoto insistiu que donos de franquias deveriam ter permissão para decidir reduzir as horas operacionais e quando fechar.

Em fevereiro, a loja de Higashi Osaka fechou entre a 1h e 6h sem obter permissão da empresa, provocando discussões sobre o bom senso das operações 24 horas em lojas de conveniência em meio à escassez de força de trabalho da nação.
Fonte: Portal Mie com Jiji

Publicado em Japão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Toyota faz parceria para acelerar criação de robôs domésticos

A montadora e a Preferred Networks realizarão uma pesquisa conjunta

robôs de serviço toyota
A Toyota tem planos de produzir ajudantes robôs para domicílios e contratou uma startup japonesa especializada em inteligência artificial para dar início ao projeto.

A maior fabricante de automóveis do Japão e a Preferred Networks, sediada em Tóquio, realizarão uma pesquisa conjunta para desenvolver os chamados robôs de serviço “capazes de aprender em ambientes de habitação típicos”, disseram as empresas em comunicados na quarta-feira.

As duas empresas já colaboram em veículos autônomos desde 2014.

Para o projeto anunciado na quarta-feira, a Toyota informou que forneceria uma dúzia de unidades do Human Support Robot, ou HSR, para a Preferred Networks.

As empresas cooperarão no desenvolvimento nos próximos três anos, incluindo compartilhamento de propriedade intelectual.

A Preferred Networks já está usando o robô como uma plataforma para seu avançado software de inteligência artificial. Em uma exposição em Tóquio no ano passado, o robô arrumou uma sala bagunçada, distinguindo lixo de toalhas sujas.

A Toyota trabalha com robôs de serviço desde 2004 e tem vários modelos em desenvolvimento. Mas o HSR é o que mais se aproxima de estar pronto para aplicações comerciais.
Fonte: Alternativa com Reuters

Publicado em Empresas japonesas, Japão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Nissan vai cortar mais de 10 mil empregos no mundo, dizem fontes

O lucro líquido do grupo atingiu uma baixa de nove anos em 2018

nissan
A Nissan Motor planeja cortar mais de 10 mil empregos no mundo, como parte dos esforços para reverter seus negócios, disseram fontes da empresa na terça-feira (23). As informações são da agência de notícias Kyodo.

O corte adicional de empregos planejado pela Nissan vem depois da empresa ter anunciado em maio que reduziria sua força de trabalho global em 4.800 funcionários.

O lucro líquido do grupo Nissan atingiu uma baixa de nove anos no último ano fiscal, que terminou em março, atingida pelas fracas vendas de seus carros no mercado dos EUA, e a montadora japonesa previu que será quase reduzida pela metade no ano fiscal de 2019.

Além disso, desde a prisão em novembro do ex-presidente Carlos Ghosn por causa de supostos delitos financeiros, a Nissan vem se esforçando para reestruturar sua equipe de gestão e os laços com a Renault, seu maior acionista.

A redução adicional na força de trabalho, inclusive por meio de opções de aposentadoria antecipada, deverá ser anunciada pela montadora na quinta-feira (25), quando divulgar os valores dos lucros para o período de abril a junho deste ano.

Algumas fábricas na América do Sul e outras regiões onde a Nissan tem baixa rentabilidade provavelmente estarão sujeitas ao plano de redução, ao mesmo tempo em que podem tentar otimizar a produção no Japão.

Em março deste ano, a Nissan e suas empresas do grupo tinham cerca de 139 mil funcionários, de acordo com seu relatório financeiro.

A Nissan vem revisando a estratégia de negócios expansionista liderada por Ghosn, que construiu a aliança de três vias envolvendo a Renault e a Mitsubishi Motors e liderou um grupo que foi o segundo maior do mundo no ano passado em vendas de veículos.

No ano fiscal de 2018, a Nissan viu suas vendas globais de veículos caírem 4,4%, para 5,52 milhões de unidades, incluindo um declínio de 9,3% nos Estados Unidos, para 1,44 milhões de unidades, e uma queda de 14,9% na Europa, para 643 mil unidades.
Fonte: Alternativa

Publicado em Nissan | Marcado com , , | Deixe um comentário