Província de Mie contrata intérprete para área médica

A província de Mie está contratando um intérprete na área médica, para auxiliar estrangeiros em hospitaisinterprete em hospitalNa província de Mie residem 47.665 estrangeiros e muitos, devido à barreira do idioma, não conseguem se comunicar apropriadamente com os médicos e sentem insegurança na hora de serem atendidos nos hospitais.

Por outro lado, os hospitais também enfrentam dificuldades, pois não há como verificar se a explicação feita foi suficientemente compreendida pelo paciente estrangeiro.

Neste contexto, a província de Mie está desenvolvendo um projeto para colocar intérpretes nos hospitais e, através da Fundação de Intercâmbio Internacional de Mie (MIEF), está recrutando um (a) intérprete que possa trabalhar, durante um período de tempo, nos hospitais da região de Iga.

Detalhes do recrutamento:
1 Tipo de serviço / Número de pessoas a contratar
Intérprete na área médica em português / 1 (uma) pessoa

2 Conteúdo do serviço
(1)Interpretação do japonês para o português e vice-versa entre o hospital e o paciente estrangeiro nos hospitais da região de Iga
(2)Elaboração de um informe diário (quantidade de pacientes atendidos, etc)

3 Período da contratação
(1)Desde 20 de julho de 2018 até 31 de janeiro de 2019

5 Remuneração / Benefícios sociais, etc
(1)Remuneração  1.500 ienes por hora
(2)Auxilio de transporte O valor real do gasto de transporte
(3)Folgas:  Sábados, domingos e feriados, e de 29 de dezembro a 3 de janeiro
(4)Folgas remuneradas: Folgas remuneradas a partir do sexto mês de contratação
(5)Seguro:   Seguro de acidentes de trabalho (Rōsai Hoken)

Qualificações requeridas
Ter participado no Curso de Formação de Intérpretes Médicos e ter experiência como intérprete médico
Nível intermédio do idioma japonês e português e que tenha capacidade de ler e escrever em ambos idiomas
Capacidade para digitar usando os programas WORD e EXCEL
Ter concluído o ensino médio
Ter carteira de motorista

Como se candidatar
(1)Apresentação dos seguintes documentos:

① Currículo escrito a mão, se tiver alguma certificação anexar uma cópia
② Apresentar um texto com o tema: “Por que quero ser intérprete médico” escrito em japonês e que contenha em torno de 800 letras
③ Se o candidato é estrangeiro, uma cópia do certificado de residência (Zairyu Card)

(2)Período de recebimento dos documentos:
Levar os documentos pessoalmente ou enviá-los pelo correio na Fundação de Intercâmbio Internacional de Mie (MIEF) até o dia 5 de julho (quinta-feira) às 17h

Contato para informações:
Fundação de Intercâmbio Internacional de Mie (MIEF), encarregada: Sra. Tsutsui
Tel:059-223-5006(das 9h~17h)- Fax:059-223-5007
Email : mief@mief.or.jp
Fonte: Portal Mie com MIEF

Anúncios
Publicado em Japão | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Governo do Japão promete investimento maciço em TI e quer veículos autônomos nas ruas até 2025

ti

O governo do Japão anunciou um novo plano de investimento para formação de profissionais e especialistas na área de tecnologia da informação (TI).

Segundo o governo a meta é aumentar ano a ano até 2025 o suporte ao treinamento de novos profissionais de TI, criando condições para que toda a especializada mão-de-obra seja contratada após o período de treinamento. O governo estipulou um número acima de 100 mil novos profissionais e especialistas por ano.

Além dos investimentos para gerar mão-de-obra especializada nas empresas, o governo também quer incentivar a pesquisa na área. As autoridades anunciaram um plano de bolsas de estudo para jovens pesquisadores de universidades de todo o país. O programa de bolsas teria o valor do benefício definido pela meritocracia, ou seja, segundo os resultados trazidos por cada pesquisador.

O governo espera também aumentar para mais de 30% o percentual de professores com menos de 40 anos nas 16 universidades de ponta do Japão até 2023.

O plano apresentado é de médio prazo. Espera-se que em 2025 os primeiros frutos do maciço investimento na área de TI comecem a dar frutos. Os conhecimentos serão aplicados para a criação de detalhados bancos de dados com informações das últimas tendências de consumo, das variações climáticas nas áreas rurais e etc. Mas a maior ambição do governo é de, até 2025, colocar nas rodovias de todo o país os chamados veículos autônomos.

As autoridades esperam aprovar o novo plano no parlamento até a metade de junho.
Fonte: IPC Digital com NHK WEB NEWS

Publicado em Japão | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Japão precisará de 1 milhão de cuidadores de idosos até 2040; saída é contratar estrangeiros

Ministério do Trabalho informou que irá tomar medidas para garantir a mão de obra necessária

cuidadores de idosos
O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar Social divulgou a estimativa de que, até o ano de 2040, o Japão irá precisar de 3,05 milhões de cuidadores de idosos e isto significa um aumento de 1 milhão de trabalhadores na área.

Para resolver esta questão, autoridades do Ministério informaram que irão adotar medidas para prevenir a escassez de mão de obra, que incluem melhorar as condições de trabalho e investir na contratação de mais estrangeiros.

O Ministério também divulgou um levantamento referente ao valor médio arrecadado no país como seguro para cuidar de idosos (介護保険料), pago por cidadãos com mais de 65 anos de idade.

A média do país ficou em ¥5.869 mensais, mas houve diferenças de até 3 vezes no valor entre prefeituras. O aumento médio foi de ¥355 desde o último levantamento.

A prefeitura que cobra mais caro é o vilarejo de Katsurao, em Fukushima, onde o seguro custa ¥9.800 por mês. O valor mais baixo do país é do vilarejo de Otoineppu, em Hokkaido, onde os idosos pagam ¥3 mil por mês.
Fonte: Alternativa

Publicado em cuidadores estrangeiros, Japão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Japão planeja estender visto de estagiários estrangeiros para 10 anos

Medida “emergencial” visa garantir a mão de obra já proporcionada pelo programa de estágios

visto estagiario japao
O governo japonês divulgou na quarta-feira (11) uma proposta de criação de um novo visto que possa autorizar por até 10 anos a permanência dos estagiários no país.

A ideia do governo é conceder este visto aos estagiários que encerrarem o contrato inicial de cinco anos, prolongando o visto por mais cinco anos, com direito de trazer a família ao Japão, sob algumas condições que ainda não foram divulgadas.

Os participantes do programa de estágios são, em sua maioria, cidadãos oriundos de países asiáticos, como China e Vietnã.

De acordo com uma reportagem da agência de notícias Kyodo, o principal objetivo do governo do primeiro-ministro Shinzo Abe é amenizar as consequências econômicas geradas pela escassez de mão de obra no país.

O plano atual ainda será discutido e orçado no mês de junho. No próximo outono, o plano de reforma da lei de imigração deverá ser apresentado no Parlamento e ainda não há previsão de quando a medida entrará em vigor.

Em fevereiro deste ano, Abe chegou a comentar em uma reunião da pauta econômica do governo que há “urgência” em analisar os sistemas de entrada de estrangeiros no país, para que seja possível garantir mais mão de obra.

Uma das novidades neste sentido é a concessão de vistos para os descendentes de 4ª geração (yonsei) sob algumas condições, como idade e conhecimento básico de japonês. O sistema entrará em vigor em julho.
Fonte: Alternativa

Publicado em Japão | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Empresa abre portas para motoristas estrangeiros na indústria de táxi japonesa

A empresa já emprega pessoal bilíngue que mora no Japão e que veio de países como Egito, Índia, Polônia, Brasil e outros lugaresHinomaru TransportationA Hinomaru Transportation, dê olho nas Olimpíadas e Paralimpíadas de Tóquio em 2020, visa atender o crescente número de visitantes do exterior ao liderar o caminho na contratação de trabalhadores estrangeiros na indústria de táxi japonesa.

Em resposta a uma escassez de mão de obra devido à baixa taxa de natalidade do Japão e envelhecimento populacional, a Hinomaru está promovendo medidas para complementar seus números de motoristas de táxi ao liderar a indústria no recrutamento diversificado.

Enquanto isso, testes de táxis com direção autônoma também tiveram início, como outra medida para lidar com a falta de motoristas.

Motoristas bilíngues de várias nacionalidades, inclusive brasileiro
A Hinomaru disse que visa trazer a indústria de transporte para o futuro através da tecnologia e diversidade na contratação. Para ajudar essa transição da indústria, o programa chamado Tokyo Sightseeing Taxi foi preparado.

A Hinomaru já recruta pessoal bilíngue para trabalhar como motoristas de táxi e que moram no Japão. Eles são de países como Egito, Índia, Polônia, Áustria, França, Brasil e outros locais.

A empresa instituiu um suporte pioneiro a funcionários, além de programas de treinamento, para esses trabalhadores estrangeiros que falam japonês a fim de que eles possam obter a licença apropriada e certificação e se juntarem à indústria de táxis no Japão, que antes era bem restrita.

O que é o programa Tokyo Sightseeing Taxi?
É uma maneira de classificar motoristas que podem oferecer serviços de alta qualidade específicos ao turismo, através de conhecimento e habilidade especializados, principalmente para visitantes do exterior.

O Sistema de Certificação Tokyo Sightseeing vem sendo concedido àqueles que foram aprovados no Teste de Condução Tokyo Sightseeing, no Treinamento Universal de Motoristas e no Treinamento Certificado de Motorista de Táxi Tokyo Sightseeing”. Atualmente, mais de 1.500 motoristas certificados estão ativos.

Atualmente, a Hinomaru emprega motoristas de 11 nacionalidades – Brasil, Coreia, China, Egito, França, Áustria, Índia, EUA, Polônia, Sri Lanka e Filipinas – com planos de contratar pelo menos quatro novos funcionários por mês a fim de melhor atender as necessidades turísticas.

Para mais informações sobre a contratação de motoristas estrangeiros pela empresa, clique aqui (página em japonês e inglês).
Fonte: Portal Mie com Japan Today

Publicado em Japão | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Shinzo Abe quer mais trabalhadores estrangeiros

Apesar da proposta de expansão para receber mais trabalhadores estrangeiros, o governo deixou claro que não pretende adotar política de imigraçãotrabalhadores estrangeiros2Na reunião do Conselho Econômico e Fiscal realizada na terça-feira (20), o primeiro-ministro Shinzo Abe ordenou aos ministros ​​que examinem de forma concreta as medidas para expansão da aceitação de mais trabalhadores estrangeiros.

Abe disse “as pequenas e médias empresas enfrentam um grave problema, o da falta de mão de obra. Há necessidade urgente de de analisar um sistema de aceitação de técnicos e especialistas”. Ele analisa que mesmo contando com a inteligência artificial-IA e tecnologia o Japão não consegue suprir a alta demanda, por conta da diminuição da população.

Na revisão da lei de controle da imigração espera-se a inclusão de mais técnicos e especialistas, além dos 18 tipos de visto que incluem médicos e professores universitários, por exemplo.

Abe pretende incluir as medidas na estratégia de crescimento a ser apresentada em junho deste ano.

Por outro lado, o primeiro-ministro enfatizou que na expansão para aceitação dos trabalhadores estrangeiros não se inclui a política de imigração. Ele apresentou a ideia de implementação sob condições como limitar a permanência e não aprovar a vinda da família.
Fonte: Portal Mie com Mainichi e JNN

Publicado em Japão | Marcado com , , | Deixe um comentário

Japão aprova esboço que aumenta idade de início da aposentadoria para depois dos 70 anos

Medida opcional motivaria os idosos saudáveis a continuar trabalhandoaposentadoria no japaoO governo japonês aprovou nesta sexta-feira (16) o esboço de um projeto que aumentaria para 70 anos ou mais a idade opcional para começar a receber a aposentadoria, em um esforço para enfrentar a escassez de mão de obra em função da queda da taxa de natalidade e do envelhecimento da sociedade.

Segundo a agência de notícias Kyodo, o Ministério da Saúde vai considerar a revisão das leis relacionadas no ano fiscal de 2020, de modo a encorajar as pessoas com mais de 60 anos a continuar trabalhando.

O esboço observou que os idosos são fisicamente mais saudáveis ​​do que antigamente e que eles estão altamente motivados para continuar trabalhando ou participar de atividades comunitárias.

O governo irá rever a “padronização dos estágios de vida de acordo com as categorias de idade”, disse o resumo. Quanto mais tarde a aposentadoria for concedida, maior será o valor pago.

O primeiro-ministro Shinzo Abe participou de uma reunião sobre a questão nesta sexta-feira. “O êxodo nas áreas rurais é esperado à medida que o ritmo do envelhecimento aumenta. É importante construir uma sociedade onde as pessoas de todas as gerações possam participar amplamente e ativamente”, disse.

Atualmente, uma pessoa pode receber aposentadoria em qualquer etapa entre 60 e 70 anos. Se um trabalhador optar por começar a receber a pensão após o seu 65º aniversário, os pagamentos mensais aumentam. Mas o esquema não é amplamente utilizado.

O governo parece apoiar empresas que aumentam a idade de aposentadoria ou estendem o emprego pós-aposentadoria e vai considerar o fornecimento de medidas de apoio para as pessoas que iniciam seus próprios negócios e promovam o teletrabalho.

O governo também apoiará o desenvolvimento de tecnologias avançadas, como sistemas automáticos de condução e uso de robôs na área de enfermagem para ajudar os idosos a trabalhar.

O esboço, que é revisado a cada cinco anos, também estabeleceu alvos numéricos específicos. O objetivo é aumentar a taxa de emprego das pessoas entre 60 e 64 anos para 67 por cento em 2020, ante os atuais 63,6 por cento.
Fonte: Alternativa

Publicado em Japão, Primeiro ministro japonês | Marcado com , , , | Deixe um comentário