Osaka e Kanagawa receberão as primeiras empregadas domésticas estrangeiras do programa do governo

empregada-domestica-japaoO projeto de lei que cria uma “zona especial de estratégia nacional – que será votado no parlamento japonês ainda este ano – poderá abrir caminho para a criação de uma nova categoria de trabalhadores estrangeiros no país: as empregadas domésticas.

Com a criação da zona especial, as províncias de Osaka e Kanagawa serão as primeiras a receber as auxiliares de serviços domésticos na fase experimental do projeto.

A principal intenção do governo é ajudar as mulheres japonesas que desejam entrar no mercado formal de trabalho, mas são impedidas por causa das tarefas domésticas e criação de filhos.

Segundo o texto do projeto, as empregadas domésticos seriam recrutadas no exterior por agências certificadas pelo governo para atuar somente nas “zonas especiais” cobertas pela legislação.

“Isso vai ajudar as mulheres que têm forte desejo de entrar no mercado de trabalho, mas estão presas ao trabalho doméstico.” disse Shigeru Shiba, ministro encarregado das reformas especiais.

No entanto, o governo reconhece que, para o projeto ter sucesso, é necessária uma mudança na cultura das das mulheres japonesas, que não estão acostumadas a repassar as tarefas domésticas para outra pessoa, principalmente as atividades relacionadas à criação dos filhos.
Fonte: IPC Digital
shigoto.com.br
visto japones, emprego no japao, turismo e passagem para o japao

Anúncios

Sobre Emprego no Japão

Disponibilizamos vagas de emprego no Japão.
Esse post foi publicado em Kanagawa, Osaka, trabalhadores estrangeiros no Japão e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s